DICAS DE SAÚDE: CHÁ DE CARURU... O MATO DE COMER

Plantas Alimentícias não Convencionais

Caruru Branco/Verde Claro sem espinho comestível
O caruru (Amaranthus viridis) é uma planta da família das amarantáceas, nativa das Américas, e foi conhecida pela primeira vez pelos europeus através dos maias no México. Estudiosos acreditam que o vegetal foi culturalmente introduzido no Brasil pelos africanos[1].

O caruru branco (meio verde claro) sem espinho é uma planta silvestre e comestível.

Caruru Branco/Verde Claro sem espinho comestível

Essa planta tem um fabuloso valor nutritivo. É rico em ferro, potássio, cálcio e vitaminas A, B1, B2 e C.

Todas as partes do caruru são comestíveis e as suas sementes podem ser ingeridas torradas, em pães ou outras receitas. Refogado, misturado a outros ingredientes, o caruru é um alimento saboroso e muito utilizado em muitas regiões do Brasil. É usado em refogados, molhos, pasteis e panquecas[2].

Como você pode ver podemos fazer saladas, molhos e refogados com todas as partes do caruru.

Podemos também usar as folhas e talos nas panquecas, tortas, bolos e pastéis.

Para enriquecer os pães podemos usar as sementes.

E com as folhas preparar um delicioso chá.

O chá de caruru
Para preparar o chá de caruru, leve um litro de água ao fogo juntamente com um maço de caruru (100 gramas). Deixe ferver por aproximadamente 12 minutos. Desligue o fogo e abafe o recipiente com uma tampa ou pano limpo. Após cinco minutos, coe e beba ainda quentinho de preferência antes das principais refeições. Se preferir pode adoçar.

Mas como é considerado mato, muitas pessoas não sabem que o mesmo pode ser ingerido na alimentação diária.

Dependendo da região o mesmo é chamado de bredo.

Para saber mais...

Acredita-se que a planta tenha chegado ao Brasil por meio dos africanos, partindo da afirmação de que a culinária africana teve influência na brasileira. Muito conhecido como uma erva daninha, seu desenvolvimento e crescimento são espontâneos e a planta é adaptada ao clima brasileiro. Normalmente cresce em boas terras, ricas em potássio, e suas sementes podem ser ingeridas torradas ou em pães e outras receitas. Muitas vezes, a planta caruru, por não ter reconhecimento nutricional, é combatida por nascer em meio às plantações em fazendas.

Além de suas muitas propriedades nutricionais, o caruru também pode ser usado como uma erva medicinal. Eficaz no tratamento de infecções, problemas hepáticos, catarro da bexiga, afecções do fígado e hidropsia, é ainda um excelente lactígeno, aumentando a produção de leite pelas glândulas mamárias, tornando seu consumo muito benéfico para mulheres grávidas, ou em fase de amamentação. Além disso, a planta é, devido ao alto nível de cálcio, muito útil na formação dos ossos e dentes.

Atenção!

Foto Reprodução/www.docelimao.com.br

Fique atento(a) para não comer e nem fazer o chá de caruru-bravo denominado de caruru-açu, que é tóxico. As variedades mais vermelhas, roxas e com espinhos são as menos indicadas para consumo humano. Cuidado!


Referência 

BRANCO, Alice. Caruru - em chá, salada ou refogado. Veja aqui todos os benefícios e como usar.

https://www.greenme.com.br/usos-beneficios/4675-caruru-beneficios

PETRIN Natália. Os benefícios e propriedades do caruru para o organismo.

https://www.beneficiosnaturais.com.br/os-beneficios-caruru-para-o-organismo

SILVA, Débora. Os benefícios do chá de caruru.

http://www.remedio-caseiro.com/os-beneficios-cha-de-caruru/

TRUCOM, Conceição. Caruru ou bredo: a mais panc das panc.

https://www.docelimao.com.br/site/desintoxicante/simplesmente-saude/2335-caruru-ou-bredo-a-mais-panc-das-panc.html

ZANIN, Tatiana.  Benefícios das folhas de Caruru para a Saúde.

  


Leia também...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SUPREENDENDO A CRIANÇADA COM UM BELO PIQUENIQUE NO DOMINGO DE PÁSCOA!

DICAS DE SAÚDE: COMER MELANCIA NA FEIRA DA VOVÓ SELENE... É TUDO DE BOM!

APAIXONADA PELA NATUREZA...

Conheça também!